Arquivo da tag: dia do bibliotec√°rio

CFB e o Dia do Bibliotec√°rio

CFB E O DIA DO BIBLIOTEC√ĀRIO BRASILEIRO

Inicialmente, registro que é sempre um enorme prazer falarmos aos bibliotecários, e esse prazer ganha uma intensidade ainda maior quando tem como motivação a passagem do dia do Bibliotecário.
Por isso, em nome de todos os funcion√°rios, conselheiros que integram a 17¬™ Gest√£o do Conselho Federal de Biblioteconomia, al√©m de render merecidas homenagens √†s bibliotec√°rias e aos bibliotec√°rios brasileiros por esse Dia, agradecendo-lhes pelas enormes contribui√ß√Ķes que t√™m dado ao processo de constru√ß√£o coletiva da nossa profiss√£o, queremos refletir sobre o desafio de atuar no Sistema Conselho Federal de Biblioteconomia/Conselhos Regionais de Biblioteconomia (Sistema CFB/CRBs).

Quem j√° esteve desse lado da ‚Äúvidra√ßa‚ÄĚ sabe bem a medida desse desafio. Ainda que para n√≥s atuarmos no Sistema CFB/CRBs e nos doamos ao exerc√≠cio das atividades da regulamenta√ß√£o e da fiscaliza√ß√£o profissional e em favor do desenvolvimento da profiss√£o de Bibliotec√°rio e da sociedade brasileira, seja um privil√©gio. Por isso , os bibliotec√°rios rec√©m-formados precisam se aproximar dos Conselhos Federal e Regionais de Biblioteconomia, n√£o s√≥ porque o trabalho que esses √≥rg√£os realizam √© um dos mais dignos, mas tamb√©m para dar continuidade e oxigenar as suas exist√™ncias e atua√ß√Ķes.

Mas isso não tem acontecido. A cada período de eleição para renovação dos conselheiros regionais e federais, a participação de novos bibliotecários vem se reduzindo, ocorrência que tem imposto à recomposição dos seus quadros de conselheiros. Ao que parece, a excelência do trabalho de alguns e esforço de outros tantos não têm sido suficiente para atrair novos colaboradores.

Hoje é dia de homenagens, mas também de repensarmos a nossa relação com a profissão que escolhemos e na qual atuamos. Afinal, nenhuma profissão afirma-se e ganha visibilidade na sociedade sem que os órgãos que a representam sejam fortes e sem os profissionais que a constituem e têm a responsabilidade de construí-la e desenvolvê-la estejam distantes, dispersos e em conflito, entre si e com os órgãos e entidades que os representam.

√Č fato que a medida da qualidade do trabalho do Sistema CFB/CRBs depende do seu quadro de conselheiros e das bibliotec√°rios e bibliotec√°rios brasileiros. Por isso nesse dia 12 de mar√ßo, ao registrarmos a nossa gratid√£o a todas e todos que conosco dividem o privil√©gio de atuar nessa √°rea, convidamos para que reflitam sobre sua rela√ß√£o com a sua profiss√£o e avaliem a possibilidade de atuar conosco nos Conselhos Federal e Regionais de Biblioteconomia.

Meus cumprimentos a todas e a todos. Obrigado.

Brasília, 12 de março de 2018.

Raimundo Martins de Lima
Presidente do CFB
CRB-11/039