Arquivo da categoria: Museologia

Dicas de Empreendedorismo

Dicas para quem quer ser um bibliotecário empreendedor:

Faça seu planejamento, construa seu Plano de Negocios.

O que voce sabe fazer que as pessoas ou empresas pagariam por seu serviço ou produto?

Existem outros na sua região que oferecem algo igual? Qual sera seu diferencial para ter destaque sobre a concorrencia?

Que estratégias de divulgação voce ira usar?

 



Elabore a sua tabela de preços, sabendo quais são seus custos fixos e variaveis e qual preço minimo ou desconto maximo voce pode oferecer.

Caso ainda não tenha habilidades que garantam clientes, procure estudar para começar por aquilo que tiver o menor investimento inicial.

Pode-se começar com serviços como: ficha catalografica, normalização de trabalhos, referencia bibliografica, atualização de Lattes, existem infinitas possibilidades.

Mas o importante é pensar como empresa.

Quais são os serviços onde posso cobrar mais caro?

Onde a concorrencia é menor?

Quantos clientes preciso por mes, pagando quanto por cada serviço, para ter o meu ponto de equilibrio (receita que paga as despesas do mes)?

A polêmica das editoras “predatórias”

A Polêmica das editoras “predatórias”

No meio acadêmico esta sendo muito discutido se vale a pena publicar a sua tese de doutorado ou mestrado em uma editora “sem renome” ou mesmo fazer uma edição de autor.

Nos editais dos concursos, na parte dos títulos, a pontuação para publicações normalmente cita apenas livros, sem apresentar critérios de qualidade sobre a publicação. Para artigos publicados em periodicos é comum levar em consideracão o Qualis da revista.

A Capes possui um QUALIS para livros, mas são avaliados apenas a cada quatro anos, em algumas áreas do conhecimento, por especialistas convidados apenas os livros enviados para análise.



A avaliação vai de L1 a L4 (a mais alta), e são considerados na avaliação a existência de um corpo editorial qualificado, se a escolha foi feita por pares , se a editora possui uma linha editorial ou catalogo relacionados a área do livro.

Para ser considerado Livro, segundo a CAPES é preciso: possuir ISBN, Ficha Catalográfica, um mínimo de 50 paginas. Possuir um indice remissivo garante mais alguns pontos na avaliação.

As edições de autor, ou por editoras pequenas não inviabilizam a obtenção de pontos em provas de títulos, mas para bancas mais exigentes, que se baseiem nos critérios do QUALIS para livros, a pontuação será reduzida.

É claro que editoras de renome, com boa estrutura de divulgação e promoção, irão garantir uma maior visibilidade e prestígio à publicação.

Para escolher a melhor opção é preciso ter bem claro qual o objetivo se pretende atingir.

Para ajudar na sua decisão consulte um bibliotecário

Emprego Assistente de Acervo – São Paulo – SP

Emprego Assistente de Acervo

https://masp.org.br/sobre/trabalhe-conosco

MASP- Assistente de Acervo

Atividades a serem desenvolvidas:

Atuar nos procedimentos ligados à aquisição, catalogação, movimentação e exposições. Zelar pela conservação, organização e atualização do acervo documental (físico e digital) e de banco de dados, bem como garantir o acesso dos mesmos ao público interno e pesquisadores externos.

Controle do fluxo de doação, produção, arquivamento e difusão de imagens de obras. Auxílio na elaboração e redação de políticas, procedimentos, guias e manuais relacionados às atividades do núcleo. Preparo e atualização de planilhas de controle, além de listas de obras para outros núcleos do Museu, bem como revisão de legendas de exposições e publicações.

Horário: Segunda a sexta-feira das 10h às 19h, 40 horas semanais.

Requisito:
Superior completo em artes, ciências humanas ou ciências da informação.
Experiência de 1 a 3 anos.

Desejável:
Pós-graduação em museologia ou arquivologia.
Inglês – Compreensão e escrita intermediária
Experiência com catalogação de acervos museológicos
Conhecimento da base de dados In.Arte – Sistema do Futuro desejável

Conhecimento em Excel

Conhecimento em edição de imagem

Remuneração:
Valor compatível com o mercado.

Se você tem interesse em participar do processo seletivo descrito acima, preencha o formulário até o dia 28.12.2018.

Emprego Analista Educacional – Rio de Janeiro – RJ

A Escola de Direito do Rio de Janeiro da Fundação Getulio Vargas está buscando 1 (uma/um) Analista Educacional para trabalhar na área de regulação da Escola.

São requisitos necessários para o preenchimento da vaga:

– Graduação em qualquer área de formação em instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC;

– Experiência na área de regulação ou avaliação de IES;

– Domínio sobre a legislação do ensino superior, suas implicações e as questões regulatórias;

https://trabalheconosco.fgv.br/vagas