Arquivo da tag: curriculo

O dilema do primeiro emprego

O dilema do primeiro emprego.

Muitas pessoas estão passando por este dilema que afeta os recém-formados:

A empresa exige experiência na área para ser contratado, mas não contrata sem experiência.

Pela legislação é permitido exigir no máximo 6 meses, mas mesmo isto não resolve o problema do recém-formado.

Cada pessoa tem necessidades e realidades diferentes, por isto conselho é algo sempre geral.

Deve-se pensar no primeiro emprego desde que entramos na faculdade.

Alguns podem apenas estudar, pois ainda moram com os pais, ou o cônjuge ajuda com as despesas, outros precisam da renda do estágio, ou de um emprego mesmo que em outra área.

No último ano, o aluno deveria procurar apenas estágios que tenham a possibilidade de emprego ao fim do curso, é claro que será apenas uma promessa, mas é melhor do que aquele estágio no Tribunal, que paga super bem, mas depois de 2 anos você certamente sairá sem nada.

Existem formas de trabalho além do concurso público e da carteira de trabalho assinado que podem servir como experiência na área.

Prestações de serviços como autônomo, participação na organização de  eventos, ou trabalhos voluntários, servem como experiência na área.

O empregador, analisa seu currículo/portifólio procurando identificar aquele candidato que tem experiências além da teoria aprendida, que já conhece sua área de atuação e que uma vez contratado terá condições de começar a produzir prontamente.

Por isto é importante ter um currículo/portifólio atualizado e completo, que atraia o recrutador e faça com que ele te coloque na próxima etapa da seleção.

É importante lembrar também que o seu perfil nas redes sociais serão pesquisados, e é importante que eles comprovem e reflitam tudo aquilo que você divulgou.

Na entrevista presencial ou online será o momento de você descrever melhor suas experiências e comprovar que mesmo sendo um recém-formado é o candidato ideal para a vaga.

Como conseguir o primeiro emprego

Como conseguir o primeiro emprego

Para conseguir o primeiro emprego tem que se resolver o problema da “não experiência”, cobrada na maioria das vagas,  mas isto só se resolve com o primeiro emprego.

Para tentar contornar isto é preciso elaborar um currículo com riqueza de detalhes das atividades que realizou no estágio, ou durante o curso, não as tradicionais de empréstimo ou guarda de livros, mas aquelas que te destaquem, que sejam um diferencial na entrevista.

Atividades de voluntariado são muito valorizadas, dedique algumas horas por semana ajudando alguma instituição perto da sua casa, para que não tenha os custos de deslocamento.

Cursos, idiomas devem ser destacados também. Mas não exagere dizendo que tem fluência ou é expert em determinado software se não for verdade.

O networking é importantíssimo, procure participar de  eventos na área de seu interesse, podem ser gratuitos, o importante é conhecer pessoas que já atuam na área.


Procure fugir do formato tradicional de currículo, tente montar algo mais criativo, um portifólio de habilidades, um folder, folheto, um vídeo, destacando as suas qualidades.


Uma vaga de emprego no interior recebe cerca de 40 currículos, nas capitais mais de 100, pois isto é importante conseguir se destacar entre os candidatos.

Como se destacar “sem experiência” numa seleção?

Com criatividade, usando marketing pessoal e profissional, sabendo se divulgar, criando autoridade para uma área de atuação especifica.

É preciso ter foco, escolher um nicho, um mercado.

Produza conteúdo nas diversas redes sociais existentes, são gratuitas e podem te auxiliar muito.

A biblioteconomia abre espaço de trabalho em diversas áreas muito diferentes entre si.

Esta variedade acaba atrapalhando pois as pessoas enviam curriculo para TODAS as vagas que  aparecem.

A questão é:

Em que área eu posso me destacar na seleção?

Onde sou diferenciado, melhor que a maioria?

Sabendo isto podemos oferecer nossos serviços, não apenas como empregados, mas  como profissionais liberais, prestando serviço para empresas ou pessoas físicas.

Conseguir o primeiro emprego é um problema que todas as pessoas já tiveram que superar, o importante é saber construir um currículo, um networking deste a escola ou faculdade.