Arquivo da tag: instagram

Perca o Medo de Vender – Live

Vendas na GDI: papo certeiro e descontraído

Live no Instagram dia 21 de setembro, terça-feira, 18h10

Promovido pela Escola GDI

Escola de Negócios para Gestores de Documentos e Informação

Por que o medo de vender serviços de gestão documental?


Pablo Soledade recebe os convidados: Nelson Oliveira e Michelle Witkowski

No Instagram: @pablo.soledade

TikTok e Bibliotecas: uma parceria poderosa

Esta tradução foi feita pelo google tranlate do site:

https://www.scisdata.com/connections/issue-115/tiktok-and-libraries-a-powerful-partnership/

Kelsey Bogan, especialista em mídia de biblioteca na Great Valley High School (EUA), explica o que é TikTok e por que ele tem um lugar nas bibliotecas escolares.


– Srta. Bogan, você é famosa pelo TikTok!

Essas palavras me saudaram cedo uma manhã, logo depois que eu finalmente desabei e criei uma conta TikTok para a biblioteca de nossa escola. Eu postei um vídeo do TikTok na noite anterior, você vê, e em menos de um dia, ele teve mais de 300.000 visualizações! Em uma semana, atingiu bem mais de 500.000 visualizações. Eu tinha me tornado ‘viral’ e meus alunos estavam devidamente impressionados (tornar-se viral é, aparentemente, uma grande ambição de muitos dos meus alunos). Eu tinha garantido meu lugar como ‘o bibliotecário legal’ para sempre.

Os dias que se seguiram ao meu primeiro vídeo TikTok viral foram muito emocionantes, pois muitos alunos vieram me dizer que meu vídeo tinha aparecido em sua página ‘para você’ (essencialmente em seu feed de TikTok) e para compartilhar o quão animados eles estavam que seus amigos outras escolas ficavam enviando mensagens para eles perguntando se ‘aquela biblioteca viral TikTok’ era de seu bibliotecário. 

Quem diria que ‘habilidades loucas de TikTok’ dariam a eles tanto orgulho em sua biblioteca e bibliotecário?Quem diria que ‘habilidades loucas de TikTok’ dariam a eles tanto orgulho em sua biblioteca e bibliotecário?

Embora eu tenha ficado surpreso com o fato de que um vídeo bobo de 15 segundos em que eu exibia recursos da biblioteca enquanto um som popular tocado no fundo fosse tão apreciado, fiquei ainda mais surpreso ao ver como isso me tornou imediatamente identificável para meus alunos. Eu sabia, com base em seu entusiasmo e feedback, que não haveria como voltar para nossa biblioteca. Nossa conta TikTok veio para ficar, e o impacto que teve em nosso programa de biblioteca e comunidade foi além de qualquer coisa que eu poderia ter previsto.

O que é TikTok?

TikTok é uma plataforma de mídia social com conteúdo baseado em vídeo, semelhante à forma como o Instagram (Insta) é baseado em fotos. Os usuários criam uma conta e podem ser consumidores de conteúdo (assistir vídeos de outras pessoas), criadores de conteúdo (fazer seus próprios vídeos) ou ambos. O aplicativo torna mais fácil e divertido criar vídeos, que geralmente têm de 15 a 60 segundos de duração e incorporam coisas como música, efeitos especiais, texto e adesivos. O conteúdo é diversificado e cobre centenas de coisas, desde o engraçado, ultrajante ou obsceno até questões sérias, comentários sociais, educação, recomendações de livros, política e ativismo.

O TikTok é seguro?

Recentemente, houve um discurso na mídia que parece indicar que o TikTok é ‘mais perigoso’ do que outros aplicativos. Pesquisei e analisei relatórios de especialistas em segurança e minha opinião é que o TikTok é tão seguro e protegido (ou inseguro e inseguro, dependendo de como você se sente em relação às mídias sociais) quanto qualquer outro aplicativo de mídia social. Uma das maiores preocupações frequentemente mencionadas é que o TikTok coleta dados de seus usuários. Embora isso seja verdade, na verdade é algo muito comum para todas as plataformas de mídia social. O Facebook e o Twitter também coletam dados do usuário, então o TikTok não é diferente, e eu ainda não encontrei nenhuma evidência confiável que me faça sentir que o TikTok é de alguma forma ‘mais perigoso’ do que outros aplicativos de mídia social. Eu iria, no entanto,

Qual é o benefício para as bibliotecas?

É minha opinião que as bibliotecas se beneficiam de uma presença robusta e envolvente nas mídias sociais. A presença de nossa biblioteca nas mídias sociais tem sido um dos aspectos mais influentes de nosso programa de biblioteca, especialmente em termos de geração de apoio e envolvimento de nossa comunidade. Aqui estão alguns motivos pelos quais o TikTok (em conjunto com o nosso Insta) beneficia nosso programa de biblioteca:

Construção da comunidade – Nosso Insta e TikTok nos ajudam a estabelecer um ambiente virtual de ‘sala comum’ de conectividade que se estende além da escola física ou das paredes da biblioteca. Isso nos permite continuar a ser uma presença positiva e útil na vida de nossos alunos, mesmo após o término do dia letivo normal.

  • Esforços de advocacy– Como bibliotecários, sabemos como a defesa de direitos é crítica para o sucesso de um programa de biblioteca. É mais importante do que nunca que nós – bibliotecários – possamos contar nossas histórias com sucesso e comunicar nosso valor às nossas partes interessadas. O TikTok tem sido a ferramenta mais eficaz em minha caixa de ferramentas de defesa pessoal. Eu criei TikToks que esclarecem mal-entendidos comuns sobre bibliotecas e bibliotecários (por exemplo, como as bibliotecas não são apenas depósitos de livros silenciosos), TikToks que enfatizam a necessidade de diversos livros e até mesmo TikToks que celebram e anunciam concessões que consegui. Os pais e administradores de nossa escola responderam de forma esmagadora e positiva aos meus TikToks de defesa, e sua popularidade com nossa comunidade teve um impacto maravilhoso em nosso programa de biblioteca.
  • Consultoria de leitores e desenvolvimento de coleção – o TikTok tem uma subcomunidade fantástica conhecida como #booktok, que é um ótimo recurso para obter consultoria de leitores e ajuda no desenvolvimento de coleção. Eu uso as informações reunidas aqui para aprender sobre livros para adicionar à nossa coleção, mas também as uso como uma maneira divertida e fácil de compartilhar recomendações de livros com meus alunos. Quando vejo um ótimo TikTok de recomendação de livro, simplesmente compartilho o vídeo diretamente em nossas histórias do Instagram para que meus alunos possam apreciá-lo. É um recurso inestimável!
  • Comunidade de aprendizagem profissional – Quando comecei a usar o TikTok havia muito poucos bibliotecários usando o aplicativo, mas recentemente nosso número aumentou! Agora você pode encontrar muitos bibliotecários maravilhosos no TikTok, e nos divertimos muito aprendendo e nos conectando uns com os outros. Se você pesquisar hashtags como #tokstarlibrarians, #tiktoklibrarian e #librariansoftiktok, poderá se conectar com bibliotecários de todo o mundo.

A melhor maneira de começar no TikTok é criar uma conta e começar a seguir e observar outros educadores e bibliotecários. Aqui estão algumas contas excelentes para seguir no TikTok:

@gvhslibrary (este é meu!)
@mrspopeslibrary
@tokstarlibrarians
@teachinatardis
@chsbookmasters
@akbusybee
@libraryunicorn
@thenextgenlibrarian

Excelentes contas #booktok para seguir:
@thebookishmuslim
@ a.very.queer.book.blog
@penguin_teen
@ 24hourlibrary
@epic_reads

Posso dizer sem hesitação que nosso programa de biblioteca não seria tão bem-sucedido, apoiado ou envolvente se não fosse por nossa presença robusta nas redes sociais. Para servir nossos alunos, precisamos falar a língua deles e morar onde eles moram. E agora, muitos de nossos alunos estão falando e vivendo o TikTok. E nós também devemos.

Bibliotecários nas redes Sociais – Julho -2020

Bibliotecários na redes Sociais (atualizado)

Fiz um levantamento rápido nos meus contatos para ver onde estão os bibliotecários brasileiros no Instagram e Youtube.

Selecionei aqueles em esta escrito no perfil ser bibliotecário e que as postagem tenham algo de interesse da profissão.

Ter um perfil nas redes sociais e postar conteúdo praticamente não tem custo, muitos divulgam seus serviços ou apenas divulgam a profissão.

Esta postagem fiz originalmente em 05.02.2019, então o primeiro numero se refere a esta data , o segundo a 02.07.2019 e o terceiro a 22.12.2019 e o quarto a 08.07.2020

Instagram (seguidores)
@bibliotecariozombie – 0 -11.400 –  11.061 – 11.072
@bibliotecaria_da_lua – 6373 – 7153 – 7626 – 7816
@sheikrodrigo – 6106 – 7877 – 9012 – 13011
@santabiblioteconomia – 5673 – 7187 – 8545 – 10500
@gabrielabpedrao – 4402 – 5708 – 6630 – 8627
@artedeler – 3920 – 3822 – 3656 – 3454

@biblioideias – 2820 – 3119 – 3180 – 3337
@salvia_biblio – 2151 -2662 – 2817 – 3514
@vidadebibliotecaria – 2142 – 3347 – 3738 – 6184
@bibliotekando – 0 -1644 – 1693 – 1756
@cazadoresdebibliotecas – 1201 – 1405 – 1496 – 1719
@poisehsoubibliotecarix – 1236 – 1293 – 1241 – 1160

@biblio.mkt – 0 – 0 – 1241 – 4575
@bibliovagas – 1182 -1512 – 1856 – 2594
@nelsoneco – 1108 -1149 – 1167 – 1366
@soraiamag_ – 0 -1068 – 1085 – 1103
@Ideinhas_organizer – 1024 – 1064 – 1073 – 1072

Youtube (inscritos no canal)
É o ultimo juro – 13.000 – 15.000 – 16.900 – 19.900
Santa Biblioteconomia – 1.100 – 1.400 – 1.610 – 1810

Ser Bibliotecário – 0 – 0 – 1.150 – 1400
Biblioo – 495 – 548 – 588 – 710
Bagagem Literária – 0 – 0 – 148 -197
Bibliovagas – 42 -90 – 98 – 127
Biblioideias – 11 – 28 – 146 -224

Acredito que esta produção individual é o que pode acabar com o “Biblio o que?”

Caso conheçam outros canais importantes na área coloquem nos comentários ou enviem por email para: bibliovagas@bibliovagas.com.br

Curso de Marketing Digital

Curso de Marketing Digital

Neste momento de paralização de empresas este é a hora de fazer um curso que irá ajudar muito na sua atuação profissional.

Os cursos do Olímpio ajudam a criar uma nova fonte de renda ou aprender como melhorar a sua divulgação.

Já fiz o curso as dicas são praticas e reais, sem enrolação.

O suporte é praticamente 24h e as duvidas são respondidas pelo próprio autor.

https://go.hotmart.com/U25798947I

Bibliotecários nas redes sociais

Bibliotecários na redes Sociais (atualizado)

Fiz um levantamento rápido nos meus contatos para ver onde estão os bibliotecários brasileiros no Instagram e Youtube.

Selecionei aqueles em esta escrito no perfil ser bibliotecário e que as postagem tenham algo de interesse da profissão.

Ter um perfil nas redes sociais e postar conteúdo praticamente não tem custo, muitos divulgam seus serviços ou apenas divulgam a profissão.

Esta postagem fiz originalmente em 05.02.2019, então o primeiro numero se refere a esta data , o segundo a 02.07.2019 e o terceiro a 22.12.2019

Instagram (seguidores)
@bibliotecariozombie – 0 -11.400 –  11.061
@salesnut – 7775 –0 –  9.928 – 10.600
@bibliotecaria_da_lua – 6373 – 7153 – 7626
@sheikrodrigo – 6106 – 7877 – 9012
@santabiblioteconomia – 5673 – 7187 – 8545
@gabrielabpedrao – 4402 – 5708 – 6630
@artedeler – 3920 – 3822 – 3656

@biblioideias – 2820 – 3119 – 3180
@salvia_biblio – 2151 -2662 – 2817
@vidadebibliotecaria – 2142 – 3347 – 3738
@bibliotekando – 0 -1644 – 1693
@cazadoresdebibliotecas – 1201 – 1405 – 1496
@poisehsoubibliotecarix – 1236 – 1293 – 1241

@biblio.mkt – 0 – 0 – 1241
@bibliovagas – 1182 -1512 – 1856
@nelsoneco – 1108 -1149 – 1167
@soraiamag_ – 0 -1068 – 1085
@Ideinhas_organizer – 1024 – 1064 – 1073

Youtube (inscritos no canal)
É o ultimo juro – 13.000 – 15.000 – 16.900
Santa Biblioteconomia – 1.100 – 1.400 – 1.610

Ser Bibliotecário – 0 – 0 – 1.150
Biblioo – 495 – 548 – 588
Bibliospace – 407 – 449 – 479 Bagagem Literária – 0 – 0 – 148
Bibliovagas – 42 -90 – 98
Biblioideias – 11 – 28 – 146

Acredito que esta produção individual é o que pode acabar com o “Biblio o que?”

Caso conheçam outros canais importantes na área coloquem nos comentários ou enviem por email para: bibliovagas@bibliovagas.com.br

Bibliovagas nas redes sociais

O Bibliovagas mantem perfis no Instagram e Twitter,  @bibliovagas,  principalmente para divulgação de cursos e eventos da área de biblioteconomia, arquivologia e museologia.

Temos também canal no youtube, bibliovagas, onde os vídeos são sobre biblioteconomia e empreendedorismo.

 



O site www.bibliovagas.com.br é basicamente para divulgar vagas de emprego e concursos, sua vantagem é permitir facilmente uma pesquisa retrospectiva ou por palavras.

Temos também seções, divididas por estados, onde os profissionais podem divulgar gratuitamente seus cartões profissionais.

Em breve lançaremos um novo projeto onde divulgaremos perfis ou currículos mais completos dos profissionais que queiram divulgar seus produtos, empresas ou serviços.